tascanight.blogspot.com               " Conversas sem ferrolho !!!? "                         Deseja boas vindas ao visitante                         Passe um momento agradável na nossa companhia   

" Conversas sem ferrolho !!!? ": Outubro 2006 *
***********************************************************
* * « EM SITUAÇÃO DE INCENDIO LIGUE 112 ou 117 . Ajude a protejer . » *
***********************************************************
Anúncio sem fins lucrativos , é o café da malta .
*
* SmileyCentral.com " Click aqui para mais informações " SmileyCentral.com
" Como lá chegar "
*
***********************************************************
*
. . * O tempo. Avisos da Protecção civil. Conselhos a seguir. *
* Previsões para os próximos dias *

***********************************************************

Porque pode acontecer a todos nós .

.

Telefone: 282 405 400

e-mail: dic.portimao@pj.pt

***********************************************************

. .
***********************************************************
" agloco " regista-te clica aqui .
***********************************************************

.

-  Edição de 28 outubro, 2006 -

 

CRISTÓVÃO COLOMBO







....Hoje o tema é sobre Cristóvão Colombo ( " Salvador Fernandes Zarco " ? ) . E dar voz , ao que começa parecer ser uma tese sustentável sobre a verdadeira identidade e naturalidade , do universalmente conhecido navegador que descobriu a América ( por acaso ) .



....Será realmente Português , como alguns destintos investigadores nacionais tentam fazer crer ?? Será que nasceu mesmo na vila alentejana de Cuba como todos os factos estudados parecem indicar?? Na verdade , se o é , então , " Viva á Cuba ... da mana " como por lá se diz .

Pois bem , pelo que parece tudo indica que sim . Mas , há sempre um mas , á que fazer entender e fazer crer á comunidade de estudiosos internacionais , que tal é verdade e deixarem de lado os estudos fraudulentos de Italianos e Espanhois que disputam a nacionalidade desta nobre personalidade . Ao que parece , cada vez mais se consolida a ideia de que Colombo é nosso , e se assim é , vamos lutar por esta causa , e não fazer o mesmo , que as autoridades portuguêsas têm feito em relação ao caso de « Olivença » que simplesmente ignoram ( cobardemente ) a pura verdade da razão .



.....Hoje , na vila de Cuba é um dia especial visto que em sua homenagem (a Salvador Fernandes Zarco ), é inaugurada na referida vila , uma estátua mandada edificar pela destinta Camara Municipal e outras entidades oficias , que já algum tempo se uniram em redor desta nobre causa . E é caso ( talvez ) para mudar um ditado cubense , que diz : "A vila da Cuba tem um coreto e um jardim , a vila da Cuba está muito bem situada ." Para : " A vila da Cuba tem um coreto e um jardim , a vila da Cuba tem o ovo de colombo" ..

.

.
Algumas moradas a visitar que fundamentam esta edição :


- Camara Municipal de Cuba
- Fundação Alentejo-Terra Mãe
- Lusotopia carlos Fontes
- Alentejanos da Cuba
- Livra Portugal- « O codex 632 »
- Wikipedia

Etiquetas:


***********************************************************

.

-  Edição de 18 outubro, 2006 -

 

Entre cortiços , cochos e tarros ...!!

...
.
*Introdução

.........Remota a tempos muito longinquos , a utilização da cortiça pelo homem . Chegando até nós , através dos tempos , os mais básicos utensílios de uso doméstico . Os quais , quase sempre que se fala de cortiça são esquecidos , dando-se maior importancia á sua produção em massa , para outros fins ( os quais são mais que úteis para a nossa economia ) . No entanto esses utensílios existem e estão implantados na nossa cultura , na sua maioria na região sul do país , indo a sua utilidade, desde as actividades do campo até ao uso doméstico .

NOTA - A finalidade deste trabalho , será divulgar , o que herdá-mos dos nossos antepassados , e para que não deixe-mos cair no esquecimento uma arte milenar ." Os cortiçeiros e a produção rudimentar de utensílios de cortiça "...!!

O vegetal



Nome vulgar : Sobreiro ou sobro

Nome científico : Quercos suber

Fruto : Bolota ( conhecida no mundo.... rural por " lande " )

Família : Fagácias


Matéria prima : Cortiça , madeira e a bolota (lande)

Colectivo : Sobral ou sobreiral (disperso ou em montado)




.« Breve história »

- O sobreiro é uma árvore com origem no Mediterrâneo Ocidental , e que encontrou no nosso país as condições ideais ao seu desenvolvimento . Ocupando actualmente uma área de cerca de 73o mil hectares , o que representa mais de 22% da área florestal nacional . Do sobreiro é retirada a cortiça (e aproveitada a madeira , para lareiras , carvão e a bolota ( lande ) para a alimentação animal , etc... ) ..Com grande poder isolante a cortiça extrai-se pela primeira vez ao fim de cerca de 25 anos , pelo que é denominada de cortiça " virgem " . ......Numa segunda extração , em que a cortiça é conhecida por " secundeira " , terá de ser respeitado um intervalo mínimo de nove anos , bem como nos descortiçamentos seguintes .
.....Apenas nessa fase , a partir do terceiro descortiçamento , é que se aproveita a melhor cortiça chamada " amadia " . Sendo utilizada em diversas industrias como a naval , da construção civil , vedantes , do calçado , do frio , de embalagens , de máquinas , no artesanato , na decoração , da rolha etc. Enfim , a cortiça tem sem duvida uma vasta aplicabilidade . - A principal utilização da cortiça é a produção de rolhas naturais . Portugal é o maior exportador mundial desta matéria prima . Sendo também líder da transformação .



***********************************************************

.  

« Os cortiçeiros e a produção rudimentar de utensílios »

É neste importante ponto que nos vamos centrar . Tentando de uma forma breve mas clara , divulgar o trabalho dos cortiçeiros ( tiradores ) artesãos .

......Os cortiçeiros ( tiradores) , para além de extrairem a cortiça do sobreiro ( trabalho árduo e perigosa , visto utilizarem um machado bem afiado para o efeito e andarem por vezes em cima das árvores ) . Também nos tempos livres se dedicam à manufactura de simples objectos para uso doméstico , que de acordo com alguns relatos , essa manufacturação , regista-se logo no início da extração , onde se produz os artificios necessários ao acampamento entre outros ( num passado muito recente os cortiçeiros ainda se deslocavam das suas aldeias para os locais de extração , percorrendo por vezes dezenas e dezenas de quilómetros até ao local de trabalho , por isso , devido à distancia , era comum a construção de acampamentos , onde viviam durante o período da extração ) . Nos dias de hoje já é um pouco diferente .



....« O cortiço »


.....Este elemento é construido a partir de um pedaço de cortiça retirado do tronco , no qual se coloca um tampo do mesmo material , fixado com . " pregos " feitos em madeira . O cortiço é utilizado como banco ou mesa e outras utilidades , conforme o seu tamanho e configuração .

" Que maravilhosos serões passados , no alpendre ao fresco , sentados em cortiços , houvindo histórias de outros tempos ..."



« Na Apicultura »


O cortiço também era utilizado na " Apicultura " .

Local onde as abelhas criam as suas colmeias .
.
.
« Cochos ou cocharros »




Esta tão vulgar peça , é concebida a partir de uma zona de cortiça , que cresce numa irregularidade da árvore..( saliência) . Sendo por isso , retirada com algum cuidado .






Talhado pelas mãos rudes do artesão, o cocho apresenta-se em diversos tamanhos, sendo em alguns casos , esculpidos motivos campestres ou outras formas , dando uma imagem de rara beleza.

O cocho ( ou cocharro ) , é utilizado para beber água , ou outros liquidos . Normalmente encontra-se em poços , bicas ou fontanários campaniços .








Hoje em dia também serve como peça de decoração , em casas particulares e restaurantes típicos , etc .




***********************************************************

.  
«O Tarro » .


...Este destinto elemento , é construido a partir de um pedaço de cortiça devidamente escolhido , passando por um processo de produção mais refinado , mas sem se afastar do processo rudimentar de produção .

O tarro era um elemento essencial aos trabalhadores do campo, nele podiam transportar a comida , mantendo-se quente ou fria conforme a nessecidade . Ainda nos dias que decorrem é útilizado sempre com a mesma fiabilidade de outros tempos . Encontrando-se também sob a forma decorativa em muitos lares e estabelecimentos de restauração .


Tal como todas estas peças , muitas outras existem , talhadas pelas mãos calejadas do trabalhador do campo , que para o efeito , trata-se dos cortiçeiros ( tiradores) . Espero portanto , que este humilde trabalho por mim realizado , elucide os mais leigos e desperte a memória dos mais esquecidos .



Um grande abraço e até sempre .

***********************************************************

.

-  Edição de 14 outubro, 2006 -

 

Faça o seu comentário.

..
......
....Este blog está em profunda remodelação . Portanto , agradecia desde já a vossa compreenção . Todavia , aproveito a oportunidade , para pedir que comentem . Dando a vossa opinião ou sugestão, para poder melhorar ainda mais . Sem mais , o meu muito OBRIGADO .

***********************************************************

.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?