tascanight.blogspot.com               " Conversas sem ferrolho !!!? "                         Deseja boas vindas ao visitante                         Passe um momento agradável na nossa companhia   

" Conversas sem ferrolho !!!? ": « Amar um " filho " , sem ser pai ... » *
***********************************************************
* * « EM SITUAÇÃO DE INCENDIO LIGUE 112 ou 117 . Ajude a protejer . » *
***********************************************************
Anúncio sem fins lucrativos , é o café da malta .
*
* SmileyCentral.com " Click aqui para mais informações " SmileyCentral.com
" Como lá chegar "
*
***********************************************************
*
. . * O tempo. Avisos da Protecção civil. Conselhos a seguir. *
* Previsões para os próximos dias *

***********************************************************

Porque pode acontecer a todos nós .

.

Telefone: 282 405 400

e-mail: dic.portimao@pj.pt

***********************************************************

. .
***********************************************************
" agloco " regista-te clica aqui .
***********************************************************

.

-  Edição de 21 janeiro, 2007 -

 

« Amar um " filho " , sem ser pai ... »

.
Deixe o seu comentário ( tesoirada ) , ajude a melhorar .
.
Continuação. .

................................( IV Parte ) .

..... Uma grande quantidade de foguetes e morteiros , anúnciavam a alvorada , Chico acorda em sobressalto , de um pulo salta da cama e fica sentado à beira , até que desperta por completo , esfregando as temporas volta à realidade , junto com um pensamento :
(- Pôrra até parecia a guerra do ultramar ... raios partam os foguetes ...)
Esfrega os olhos , e pega no relógio de bolso , que estava em cima da mesa de cabeceira , eram sete horas em ponto . Rodou a cabeça para um lado e para o outro , forçando os músculos do pescoço a esticarem , e a tensão foi aliviando aos poucos . Na divisão ao lado já se ouviam barulho de panelas e tachos a serem mexidos , a sua mãe já começara a labuta ...Vestiu as calças , calçou as botas e saiu do quarto em tronco nu , chegando à cozinha onde sua mãe já estava a fazer as sopas :
- Bom dia mãe ... ( disse ele ainda um pouco estremunhado )
- Bom dia filho ... não faças barulho porque os teus irmãos ainda dormem . Quando puderes tens de ir á bica buscar água , a que há já não chega para hoje ... Vá , o comer já está feito , come ... ( disse a mãe , dona Anacleta ) .
- Vou-me lavar primeiro . ( disse Chico ao mesmo tempo que saía para o alpendre ) .
Pegou no cântaro e encheu a bacia , lavou as mãos e o rosto , pegou na toalha e secou-se , nesse instante , a sua mente foi novamente assaltada pelo nome de Vera , avançou até à ponta do alpendre . Olhou a imensidão dos campos , uma ligeira brisa passou , ao longe a passarada iniciava os seus cânticos ... Chico encheu os pulmões de ar respirando fundo , de repente a sua mãe veio à porta :
- Chico , olha que o comer arrefece , despacha-te ... ( disse a sua mãe ) .
Sem nada dizer , chico encaminhou-se para dentro e tratou de se alimentar .
Enquanto Chico andava nos seus afazeres , Custódio desconfiado com o pai , também se levantara cedo e encaminhava-se para casa dos pais , quando encontrou a Dona Joana ( vizinha da frente , do lado da travessa ) , no caminho , já próximo de casa . Que o alertou sobre os movimentos do pai . Desistindo de ir pela porta da rua , dirigiu-se de imediato para a travessa , chegando rapidamente á porta do quintal , a porta estava entreaberta , e lá dentro sua mãe ( Dona Filomena ) , coitada , corria num correpio atrás do marido ... andava ele a colocar os arreios e a sela na égua , tendo anteriormente andado a preparar a espingarda que estava encostada à parede do corredor no interior da casa . Custódio entrou e deu os bons dias , o pai admirado com o madrugar do filho , insurgiu-se áspero adivinhando o que ele vinha fazer :
- Que é que estás aqui a fazer !! Não estavas bem a guardar a tua irmã ?... Vai para onde tens andado , porque não fazes cá falta nenhuma . ( disse-lhe o pai aos berros ) .
- Então pai , onde vai tão cedo ?... ( perguntou Custódio , ignorando por completo o que seu pai dizia ) .
- Não tens nada daí com isso . ( continuava o velho Justino , azedo como sempre ) .
- Ai filho , o teu pai esteve a beber toda a noite , ainda não se deitou ... esteve a limpar a espingarda e não diz a onde vai ... ( dizia a coitada da mulher ) .
- Não tenho que dar satisfações ... Vai lá para dentro fazer meia , desaparece ... ( continuava ele com enorme rudeza para a mulher , enquanto continuava os preparos ) .
- Ai que ainda acontece uma desgraça . ( lamentava-se a pobre mulher ) .
- Onde vai pai ? ( perguntou Custódio preocupado ) .
- Vou caçar ... onde querias que fosse de espingarda ?... à azeitona ... ( continuava Justino no mesmo tom ) .
Acabado de dizer isto , vai para dentro de casa buscar a espingarda , e no entretanto bebeu mais um copo . O filho preocupado , foi verificar o aperto dos arreios , não fosse haver um descuido por parte do pai .
A Dona Filomena rezava , pedindo a todos os santos perdão pelos actos do marido . Entretanto , o velho Justino volta de espingarda às costas e cartucheira à cintura , dirigindo-se ao canil , soltou o perdigueiro , sinal de que de facto a intenção era ir caça .
Este acto , descansou , mãe e filho . Sem conversa subiu para cima da montada a custo, ao que o filho o ajudou , saindo de seguida .
Custódio ficou de conversa com a mãe , tentando acalma-la .
Do outro lado da aldeia , ao mesmo tempo que tudo isto se passava , o Chico andava nos seus afazeres . Já tinha limpo as capoeiras das galinhas e dos coelhos , mudado a cama das duas ovelhas e regado os canteiros da salsa e dos coentros , e dera também de comer aos animais . Colocou os cântaros no carro de mão , e foi buscar água . Chegado à bica pôs os cântaros a encher , enquanto esperava , sacudiu as botas e lavou-as .De cântaros cheios , colocou-os no carro de mão e tomou o caminho de regresso a casa.
Mal tinha começado a andar , avistou Justino montado na égua , fingiu não o ver e avançou despreocupado . Justino ao avistar o Chico , cravou as esporas na égua apressando o passo , já muito próximo guinou a montada atravessando-a tapando assim a passagem ao Chico . Sem se exaltar , até porque Justino estava armado , como rápidamente se dera conta . O Chico estancou , pousou o carro no chão e olhou para Justino . Os olhos do homem , estavam vermelhos de raivada e bebida. Ficaram ali segundos a olharem-se nos olhos , segundos que pareceram uma eternidade . Os olhos de Justino quase que furavam o Chico de tanto ódio . Chico manteve-se sereno , esperando que o pai de Vera o deixa-se passar ... No entanto não pareceu que essa fosse a intensão de Justino ...

.
.Qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência
.
Moinante = A.J.S.B.
Continua brevemente ..
.
Quero , desde já agradecer , as muitas visitas que aqui têm feito e os comentários que têm efectuado . O meu muito obrigado . Voltem sempre .

***********************************************************

.
Comentários ( diga de sua justiça ) Tesoiradas : . . .
Isto está a aquecer!!!
Aguarda-se o próximo!

Um Abraço1
 
. . .
Não percam os próximos capitulos ...
Um abraço vilatento .
 
. . .
ajudo a melhorar o quê ??
está formidavel .
 
. . .
Está frio e ainda chove para ajudar. Cheguei aqui, ao teu blog, e ainda me deprimiste mais... Porquê? Porque escreveste a IV parte. Quando é que voltas a ser o Moinante de antigamente???? Voltaaaaaaaaa
 
. . .
Beijocas e boa semaninha para ti.
 
. . .
Morena :
Sabes , cada maluco tem a sua pancada e eu não sou excepção ...( sou eu que o digo ).
Para tua informação , já tenho agendado um intervalo , isto porque também necessito de uma pausa .De qualquer das formas és sempre bem vinda , independentemente das embirrações ...Hahahahahah.
 
. . .
Graça :
Estou grato pela tua visita , uma boa semana também para ti .
 
. . .
Começo por agradecer a sua visita ao Restaurador da Independência. Em relação aos prémios Conjurados 2006, a iniciativa foi divulgada através de mais de 500 e-mails para os blogues que tenho nas minhas hiperligações no Restaurador da Independência. Sinceramente sinto muito que o Moinante não tenha tido conhecimento da iniciativa.

Os prémios Conjurados não funcionam através de inscrição, mas sim através de voto livre, em que cada blogger ou leitor/comentador de blogues envia para o e-mail do Restaurador da Independência o seu voto com 3 blogues para cada categoria que eu proponho a concurso. Cada um pode votar nos blogues que quiser, não tem que ser obrigatoriamente nos blogues que estão linkados no Restaurador da Independência.

Os três primeiros classificados de cada categoria terão direito a ustentar no seu blogue o Conjurado equivalente à ou às classificações que obteve usando respectivamente o Conjurado de Ouro, de Prata ou de Bronze.

Este ano a votação para os Conjurados 2007 irá ser aberta em Novembro de 2007, podendo todos participar.

Informo também que estou actualmente a promover uma nova iniciativa, a eleição das 7 Maravilhas de Vila Viçosa. Tentei obter o seu e-mail mas não consegui encontrá-lo, assim, peço-lhe que me envie um e-mail para: orestaurador@gmail.com para que eu lhe possa enviar todas as informações com as iniciativas do Restaurador da Independência.

Saudações!
 
. . .
Grato pela explicação .
 
. . .
Não tem que agradecer pela rapidez da resposta, sempre que esteja disponivel pode contar.

Sinta-se à vontade para linkar o Restaurador da Independência. Irei fazer o mesmo com o seu blogue quando actualizar os links esta semana.

Bem Haja!

Saudações!
 
. . .
Mereces uma pausa... e nóS também...... AHAHAHAHAHA
 
. . .
kem é esta tem cá uma tara?
continua moinante está 5 estrelas .
 
. . .
Olá vizinho!Parece que afinal a escrita não sai só do meu lado e o vizinho também está de parabêns!Estás a lançar-te para o livro?Se é esse o caso favor mandar o 1ºexemplar aqui para a Pv.Sto.Adrião...Lol!Beijos
 
. . .
É sempre bom ler um texto interessante!

Um grande abraço!
 
. . .
Vizinha Russita : Se tal acontecer , terei todo o gosto em oferecer um exemplar .
Um grande SAC abraço .
 
. . .
Amigo Faria : obrigado pelas tuas palavras , um grande abraço também .
 
. . .
O texto está magnifico!

Quando o acabei de ler... estava emocionada... fez-me recordar o meu tempo de menina e moça!

Fico á espera do desenrolar da história....

Abraço da
Maria
 
. . .
Maria :
Estou muito grato pelas tuas palavras , confirmo também , os episódios vão continuar , isto é em função da minha desponibilidade .
Um sentido abraço .
 
. . .
tens para aí alguem a comentar que...
mas estou aqui por outras razões , o romance , está 5 estrelas
abraços moinante .
 
. . .
OK, velho amigo .
Abraços .
 
. . .
Olha lá, o que andas a fazer? Já passaram dois dias e ainda não há capítulo novo? Eh! Eh! Eh!
Está cada vez melhor... Continua. Abraço!
 
. . .
Ó meu isto não é estalar os dedos e já está , tem de ser com calma ...
 
. . .
continua um espectáculo nem mais ...
 
. . .
O Justino «está-me cá» a parecer com uma pessoa que eu cá sei! hehehehe mas deixando dos entretanto e passando aos finalmente oxalá não aconteça nada ao nosso Chico! resto de boa semana
 
. . .
Ventoso :
A mim também me parece , mas eu sou suspeito .

Gaivotadaria :
Este Justino é igual a tantos Jutinos por esse mundo fora , com o tempo mudará ...
Continuação de uma boa semana também para ti .
 
. . .
Só cheguei agora e até aqui. Vou ver se volto com mais tempo para ler mais porque fiquei interessada na história...
 
. . .
Estimada Redonda :
Volte sempre que entender , tenho todo o gosto em a receber .
Saudações .
 
. . .
Olha ele armado em escritor a sério... até demora mais tempo a escrever para pensarmos que estamos perante um grande escritor, um senhor das letras. ahahahahahaha....Ah, tive destaque na sapo e tu nem parabéns... has-de cá vir.
 
. . .
Só há uma coisa que não gosto nesta história do livro.... O tempo de Espera.....
 
. . .
Olá,
Que posso eu dizer se os meus olhos não falam!
Transmitem emoções, a essa beleza inconfundível
Que as palavras me transmitem
Aqui estou eu para te dar o meu gesto de carinho
Soberbo...

Conceição Bernardino
 
. . .
Olá passei olhei gostei parabens
Bjs Naty
 
. . .
Apeteceu-te imbirrar com alguem. Sabes qual é tua safa? O meu patrão está quase a chegar
 
. . . Enviar um comentário



<< Página Principal

This page is powered by Blogger. Isn't yours?