tascanight.blogspot.com               " Conversas sem ferrolho !!!? "                         Deseja boas vindas ao visitante                         Passe um momento agradável na nossa companhia   

" Conversas sem ferrolho !!!? ": « Amar um " filho " , sem ser pai ... » *
***********************************************************
* * « EM SITUAÇÃO DE INCENDIO LIGUE 112 ou 117 . Ajude a protejer . » *
***********************************************************
Anúncio sem fins lucrativos , é o café da malta .
*
* SmileyCentral.com " Click aqui para mais informações " SmileyCentral.com
" Como lá chegar "
*
***********************************************************
*
. . * O tempo. Avisos da Protecção civil. Conselhos a seguir. *
* Previsões para os próximos dias *

***********************************************************

Porque pode acontecer a todos nós .

.

Telefone: 282 405 400

e-mail: dic.portimao@pj.pt

***********************************************************

. .
***********************************************************
" agloco " regista-te clica aqui .
***********************************************************

.

-  Edição de 04 fevereiro, 2007 -

 

« Amar um " filho " , sem ser pai ... »

.Caro MoinanteSó



Continuação. .

.......................................( VII Parte ) .
..
.
Dona Filomena , olhou para o Chico , os seus olhos , espelhavam uma profunda mágoa e tristeza , não conseguiu dizer uma única palavra . Custódio , colocou a mão no ombro de Chico , como que em sinal de reprovação pelo que o seu próprio pai fizera , e também nada disse . Entretanto o sentinela interveio :
- Chico , o nosso cabo já está á tua espera , vá vamos entrando . ( disse o sentinela apressando a coisa , visto estar quase na hora de almoço ) .
Dirigido pelo guarda , na companhia do primo Afonso ,até ao gabinete no cabo , tendo o mesmo mandado entrar , consentindo a presença de Afonso , e começou o discurso de imediato :
- Viva Chico ,vejo que trazes companhia , sentem-se , há muito tempo que não te via , o que é feito de ti ? ( perguntou o cabo , tentando descontrair a tensão existente no gabinete ) .
- Trabalhando , meu cabo , vida de pobre não dá para mais !! ( respondeu Chico , admirado pelo inicio da conversa ) .
- Sabes qual o motivo de te ter chamado ? ( perguntou o cabo , agora indo directo ao assunto ) .
- Sei sim , só pode ser pelo que se passou esta madrugada com o Justino , eu não me meto em zaragatas , portanto só pode ser por isso . ( disse o Chico , com toda a convicção ) .
- É isso mesmo . Sabes , aqui na aldeia tudo se sabe , e os acontecimentos depressa aqui chegam , mais uma vez fiquei desapontado com o velho Justino , e gostaria de saber o que se passou , dito por ti . ( disse o cabo , aguardando pelo relato do Chico ) .
O chico relatou minunciosamente todos acontecimentos até ao momento do disparo , da raiva que sentira , da vontade que tivera de se atirar a ele , e de zurzi-lo , de como se contivera , das perguntas que a vizinhança fizera , e que ele não respondera . E o motivo pelo qual ele fizera aquilo .
O cabo , e o primo Afonso , ouviam com toda a atenção . Por fim o cabo recomeçou :
- Sabes , isto é motivo para apresentares queixa , o que se passou é grave , o que é que pretendes fazer ? ( perguntou o cabo de forma idónea , sem querer pressionar ) .
O Chico , por momentos olhou no vago , como que esperando uma resposta da sua própria consciência , a memória dos acontecimentos assombrava-lhe o cérebro . Após várias hesitações , começou calmamente o seu discurso :
- Não , não quero apresentar queixa . Ele disparou só para me meter medo ( assim pensava Chico , desconhecendo que por sorte a égua inquieta o salvou , algo que ele desconhecia por completo ), porque julga que com a filha cá , eu tentaria alguma coisa . Aí ele tem razão , eu continuo a gostar da Vera , apesar de tudo . Depois pelo respeito que tenho pela senhora dona Filomena , que é uma jóia de pessoa , e pela amizade que tenho pelo Custódio . Apesar de qualquer risco , prefiro não o fazer !! ( disse Chico , na sua mais profunda boa vontade ) .
- Chico tu é que sabes . Mas , sabes que este homem cada vez está pior , tu não és o primeiro a ter problemas com ele , tenho aqui mais queixas , tu vê lá bem o que decides !!!! ( retorquiu o cabo admirado )
- Não , prefiro deixar as coisas como estão , sem prejuízos para ninguém ... ( insistiu o Chico com convicção ) .
- Bem , se assim é , resta-me apenas o apontamento ... mas , tem cuidado rapaz , porque eu sei de toda a história , e de facto , tenho alguma admiração por ti , e custa-me ver um homem ordeiro metido em complicações , mesmo não sendo culpado . Bem , fiz o devia ser feito , podem sair , disse o cabo já de pé , dando uma palmada nas costas de Chico . Saindo do posto Chico e Afonso , tinham à espera deles Vitorino , cunhado de Afonso :
- Então rapazes , que tal correu a conversa ?... ( perguntou ele ) .
- Nada de especial , o Chico fez o que a sua consciência mandou , e eu acho que agiu bem , depois falamos melhor , aqui não é o melhor sitio . ( disse Afonso ) .
- Tenho petisco preparado lá em casa , a tua prima fez questão de convidar a família para uma ramboia lá em casa , já está tudo à vossa espera ... ( disse Vitorino para o Chico ).
Chico sem nada dizer acenou com a cabeça , em forma de consentimento . Os três fizeram-se ao caminho , por onde passavam , as pessoas iam dando palavras de conforto ao Chico , incluindo Miguel , sobrinho de Justino , com quem também não se dava , devido às partilhas , e aos confrontos com o seu pai , tendo havido grandes conflitos , deixando-se de falar há anos .
Quando chegaram à rua , onde morava a prima Cecília , Chico teve a visão de que tanto ansiava ...





.
.Qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência
.
Moinante = A.J.S.B.
Continua brevemente ..

***********************************************************

.
Comentários ( diga de sua justiça ) Tesoiradas : . . .
tal pai, tal filho,... não sei,....
 
. . .
E a lenda acontece. Em cada noite na Baía do Silêncio queda-se o céu na noite sombria, solta-se o sonho a fantasia...
Luminoso domingo...

Abraço
 
. . .
Queridos, essa é uma mensagem de retorno a atividade!
Voltei e deixei as explicações no meu blog.
Espero sua visita e breve voltarei a postar o que sempre postei, minhas idéias a respeito de tudo.
Mil vezes OBRIGADA! ao apoio que me deram, assim como as informações que me foram muito úteis.
Agradeço de coração todos os emails e comentários que recebi e desejo a todos uma ótima blogagem!
Beijos,
SôniaSSRJ (A original! E Voltando Para Ficar!)
Voltarei mais tarde para ler seus posts dessa semana em que fiquei fora da blogosfera!
SYA
 
. . .
ja punhas a letra pekena...
 
. . .
E já te calavas... brincadeirinha. Curto de ti pah. Até a cantar em indiano como se pode ver neste video.

http://www.youtube.com/watch?v=yRmqZRPgK1w

Pessoal, O moinante canta melhor do que escreve. Sério! E também sabe dançar. ora vejam!

Beijos mtos beijos
 
. . .
Obrigada pela visita ao meu cantinho.
Hoje fiquei surpreendida ao vir aqui! Que blog magnífico! Aliás a primeira impressão é que estamos perante um blog profissional... Por tudo isso e pela riqueza dos texto, voltarei aqui se não for incómodo. Sê também bem-vindo ao RETALHOS.
Bom trabalho! Excelente inspiração.
 
. . .
Acabou!? Gostei bastante desta série de episódios. Talvez isnpirado pela leitura do teu blogue, vou também escrever uma pequena série de contos despretensiosos.
Boa semana para ti!
 
. . .
estou a adorar ...
 
. . .
Este comentário foi removido pelo autor.
 
. . .
OH MY GOD!!!
Vim aqui curiosa para saber como foi o reencontro de Chico e Vera, estou torcendo para que fiquem juntos e felizes para sempre!!!
Voltarei mais tarde para conferir, Abraços
SôniaSSRJ

PS : Espero sua visita no meu Blog Entertainment: http://ssrjentertainment.blogspot.com/
E use o Updated Blog para noticiar suas novas postagem a todos na blogosfera, endereço :
http://ssrjupdatedblogs.blogspot.com/
 
. . .
Olá camarada e amigo:
Bonita novela, sim senhor.
Dá os meus cumprimentos à prima e o nosso cabo que tenha juízo e se porte bem, se não o nosso Tenente corta-lhe as dispensas.
Um abraço para ti, camarada e amigo moinante.
 
. . .
Olá camarada e amigo:
Bonita novela, sim senhor.
Dá os meus cumprimentos à prima e o nosso cabo que tenha juízo e se porte bem, se não o nosso Tenente corta-lhe as dispensas.
Um abraço para ti, camarada e amigo moinante
 
. . .
obrigado pela visita. voltarei com mais tempo para desfrutar. volta sempre. um abraço. J.
 
. . .
Olá "Conversas Sem Ferrolho",

Muito obrigado pela sua passagem pela nossa "casa".

O seu texto denota uma escrita narrativa escorreita, com ritmo muito bom e força. Parabéns.

Um grande abraço

José António
 
. . .
continua estupendo ....
jinhos
 
. . .
Vem aí a Vera...... :)
 
. . .
Como pode ver, estou curiosa e vim apenas checar se a parte VIII estava postada... sinf, snif, snif...
Voltarei amanhã!!!
Boa noite amigo!
SôniaSSRJ
 
. . .
Amigo Moinante, eu tenho passado e acompanhado esta história, sem falta, apenas não tenho deixado comentários, mas prometo que a partir de agora vou deixar.

Cada vez a tua escrita, está mais bem " escrevida ", lol

Abraços do Catano !!!
 
. . .
Olá, Moinante!

É sempre bom ler um pouco da tua ficção!

Um grande abraço!
 
. . .
Quatidianos quase secretos numa mistura e desassossegos maior onde o "eco" o "estampido" das realidades fazem "tocar as campanhias" de retalhos bem reais que são ditos de outra maneira.
Abraço
Paulo
 
. . .
Vim retribuir a visita. Preciso de mais tempo para ler o que está para trás, mas parece-me interessante o que escreves. Bjinhos e boa semana.
 
. . .
O primeiro episódio da "Noitada" jáestá publicado!
 
. . .
Abraços e aparece!

LoiS
 
. . .
Pedaços da realidade, o que por aqui nos contas.
Obrigada pela tua visita ao meu espaço. Bjs
 
. . .
Obrigada pela visita e pelos elogios, tb gostei muitíssimo do seu cantinho.
Voltarei sempre se assim permitir.
Bjos

http://lemakoto.blogspot.com/
 
. . .
Obrigada por sua visita ao meu blog secundário. Lá eu conto meus apuros. Meus blog oficial é o Transmimentos de Pensações, mas obrigada pelos elogios.
Estou lendo seu blog e me inteirando do seu estilo, ainda no primeiro texto não me atrevo a fazer um comentário sem ter conhecido as outras partes, mas este texto flui docemente e as imagens estão bem descritas na trama. Um beijo!
 
. . .
Olá Moinante!!!

Ainda não li tudo (deesculpa)!
Mas sabes que continuo a tentar recuperar os meus links e isto dá cá um trabalho!!
Mas adoro ler-te! Continua!!!


beijinhos!!!

:))
 
. . .
para quando a edição do livro ??
 
. . .
Puxa vida!!! Grande história..
Mesmo se passando numa aldeia pequenita...

Admiro muito que tem o dom para a escrita...Parabéns!

Beijinhos
 
. . . Enviar um comentário



<< Página Principal

This page is powered by Blogger. Isn't yours?